agora-a-janela.

 

Como viver melhor?

Vamos falar sobre isso!

 

Damos-lhes calorosas boas-vindas à "Agorà Ascona", que se realiza em um ambiente amigável.

 

Qual é o nosso objetivo? Estamos à procura de sugestões sobre como viver melhor.

Com um copo de vinho ou água na mão e em vários locais em Ascona discutimos, muitas vezes com um convidado, experiências de vida.

 

E tudo isso se dá no contexto da saúde e da mente.


Podemos viver melhor

se meditamos.

Como meditar?

Os métodos mais eficazes de meditação são os mais simples

- aqui estão algumas sugestões.

 

 

(1) Meditação baseada no método do Zen.

 

No vídeo o filósofo do chá Peter Oppliger explica como é fácil a meditação Zen: temos que inspirar e expirar, é issa a técnica geral.

 

Indicações concretas.

  • Sentamo-nos na posição de lótus - ou em uma cadeira.
  • Nos concentramos em como respiramos e stamos sentados.
  • Tentamos nos desligar de todos os pensamentos e simplesmente sentir o momento do aqui e agora.
  • Fazemos isso o máximo de tempo possível - e o mais regularmente possível.
  • Quando meditamos regularmente enquanto estamos sentados e sentimos o aqui e agora, este sentimento flui em todas as atividades diárias: no respirar, pensar, falar, comer, dormir, caminhar e trabalhar.
  • Começamos a nos sentir livres de pensamentos e preocupações atormentadoras, sentimos a vida - nossa vida em nova maneira.

Meditando secondo Zen no aqui e agora: o filósofo do chá Peter Oppliger.

 

(2) Meditação com chá.

 

Meditação em grupo segundo Zen e com chá: Todos preparam uma tigela de chá matcha para seu vizinho e a entregam a ele - e isso silenciosamente. O silêncio em conjunto nos acalma!


(3) O que nos sugere Buda?

 

O ego é se afastar do centro de tudas as atenções: O esquecimento do ego, o que é bom para você.

      

(4) E o que nos sugere Friedrich Nietzsche?

 

Fundir-se ao meio-dia com a natureza, com a existência: esquecer o próprio ego por um tempo, mas não perder o próprio ego.

      

(5) Qual é a sugestão de Carl Gustav Jung?

 

Meditamos imergindo-nos em nossos próprios sonhos diurnos e noturnos, e eles nos falarão.

       

(6) E, em conclusão,

o que diz Erich Fromm?

 

Imaginamos uma superfície branca, ouvimos nossa respiração e deixamos surgir imagens interiores. E novamente, elas nos falarão.